Nóticias do Papel

Klabin recebe autorização para iniciar nova fábrica

As licenças para a construção do Projeto Puma II, anunciado recentemente pela Klabin, já foram concedidas pelos órgãos responsáveis. O Secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e Turismo do Paraná, Marcio Nunes, entregou, recentemente, a licença de instalação que permite o início das obras na unidade industrial da companhia no município de Ortigueira (PR), no mesmo site onde está localizada a Unidade Puma, fábrica de celulose inaugurada em 2016.
 
O Puma II possui aporte previsto de R$ 9,1 bilhões e compreende a construção de duas máquinas de papel para embalagens (kraftliner), com produção de celulose integrada, e capacidade total de 920 mil toneladas anuais de papéis. As obras têm previsão de início no segundo trimestre deste ano.
 
A instalação será dividida em duas fases, com previsão de duração de 24 meses cada uma. Na primeira etapa será construída uma linha de fibras principal para a produção de celulose não branqueada integrada a uma máquina de papel kraftliner, com capacidade de 450 mil toneladas por ano. A segunda contempla a construção de uma linha de fibras complementar integrada a outra máquina de papel kraftliner, com capacidade de 470 mil toneladas anuais.
 
Este é o maior investimento privado da Klabin e da história do Paraná e um importante marco para a companhia, que completou 120 anos em 2019.
 
A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.
 
Fonte: Celulose Online

CONTATO

SP | RJ | ES

SAIBA MAIS

PARCERIA

IBEMA

SAIBA MAIS

CLASSIFICADOS

WG

SAIBA MAIS

CONTATOS

MAPA DO SITE